Follow by Email

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Irei fazer, fazer, fazê-lo ser meu. Oh, meu. Sim, eu irei fazê-lo ser todo meu.





Pela primeira vez em tempos, eu acordei feliz. É uma sensação gostosa, acho que você também está sentindo...
Eu não sei, algo de diferente está acontecendo. Todos percebem isso, uma nova Dani está surgindo, e os méritos devem ser dirigidos a você.
Antes de dormir, uma certa dor desapareceu, e foi preenchido por alguma coisa. Alguma coisa extremamente boa, sim muito boa..
Me sinto mais leve, estou sendo tomada por um alivio. Me sentir aliviada é tão bom. Ei, fico te imaginando sabia? Não. Não deve saber. 
Crio perguntas, e formulo respostas nas quais, você responde em minha mente. Ah sim... A maneira que você responde é tão doce que me deixa dopada, hipnotizada... Sua voz fica ecoando em minha mente, essas respostas me deixa bastante contente.
A cada piscar de olhos, uma imagem aparece. As vezes eu até me pergunto, como é possível lembrar tanto desse sorriso Dani? Mas é ótimo lembrar deste contagiante sorriso, do seu sorriso!
Adoro ficar me cheirando. Estrando não? Mas é para saber se seu cheiro ainda permanece em mim, e se estiver um sorriso fica estampado em meu rosto, por horas. Muitos percebem, mas ninguém realmente sabe que esse sorriso pertence a você, somente a você.
Adoro quando diz que me ama, especialmente em horários estranhos, você não sabe mas meu coração acelera e por pouco, bem pouquinho mesmo, não salta do meu peito.
Eu acho que você está conseguindo, continue, a vida está tomando o rumo que você escolheu. 
Eu gosto do seu sorriso. 
Eu gosto da sua energia. 
Eu gosto do seu estilo. 
Mas não é por isso que eu te amo. 
E eu, eu gosto da maneira como... de como você... você me vê.
Mas não é por isso que eu te amo, na verdade não sei bem porque te amo. Mas sei que é amor.  
É, eu adoro esse seu jeito. A maneira com que você se preocupa, a forma com que segura meu rosto, a delicadeza que toca meus lábios. É isso me faz perder o fôlego. 

E a razão de estar escrevendo isso, sim, é a razão de te amar.